sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Raposa em Cascais

Ora bons dias.

No dia 31 de Outubro a patrulha raposa foi fazer a sua actividade de patrulha, adivinhem onde? No Guincho claro. Toda a gente sabe que o Guincho é o nosso local de eleição.
O encontro foi, como de costume, em Belém às 19H45de sexta.

Ao contrário do que se esperava, ninguém chegou atrasado. Milagre! E conseguimos apanhar o comboio mais cedo.
Já em Cascais, nós(o Júlio e o Marcelo) tivemos de esperar pelo Pica.
Isto aconteceu porque a hora de fecho da recepção do parque de campismo era às 19H00, ou seja, tínhamos de ter o check-in feito e o campo montado antes dessa hora. Esta foi a tarefa do guia. he he.

Partimos para o parque, de anotar que desta vez não fomos pela ciclo-via dar uma granda volta, mas sim por dentro. Observámos a bela arquitectura cascairense, muito rica. E eventualmente chegámos ao nosso destino. Mais tarde, depois de montar o resto do abrigo, fomos dar uma voltinha ás dunas para assar umas castanhas. Chegámos lá por volta da meia noite. Conseguimos acender a fogueira á 1 e meia quando o Pica não estava lá(tinha ido buscar papel ao parque), que surpresa não é?

Ás 2 da matina, a morrer de sono, a comer castanhas queimadas por fora e cruas por dentro, a beber leite com chocolate, a ouvir os bitaites do Nuno e à volta da fogueira, ui tão bom.
Basámos às 3. Toca a dormir.

Dia 1 de Novembro.

Não sei porquê ninguém acreditou quando nós dissemos o que íamos fazer na actividade.
Quando ouviram que íamos plantar árvores as pessoas ficaram assim a olhar para nós de maneira esquisita..
De manhã, quando era suposto tirarmos provas, dormimos. Quem planta árvores tem de ter forças para isso!
O Marcelo tirou algumas atenção.

De seguida arrumar campo e ir para o sítio de plantação.
Depois de uma hora de caminhada fatigante(para o Marcelo obviamente) e bicicletada um pouco por todo nós, chegámos ao quartel-general da associação Cascais Natura.

Do esforço da caminhada não tínhamos forças e tivemos de almoçar. A seguir, vamos plantar árvores! O mais trabalhoso não era cavar e plantar os micro-pinheiros era encontrar onde cavar, de tal maneira aquilo estava pejado de pinheiros e pedras. Filmámos o Nuno a explicar como se cava um buraco, se instala o biscoito(um suplemento vitamínico para ajudar o crescimento) e se planta um pinheiro.

Ao fim disto tudo, fomos apanhar o autocarro para voltar a Cascais. De Cascais a Belém etc etc ainda fomos encontrar pessoal no grupo. E o bom disto tudo, é que ficámos com o Domingo livre. xD

Escoteiros de Portugal - 2º Grupo - Lisboa

1 comentário:

Catarina N. disse...

Oi? A recepção fechava às 19h e vocês encontraram-se em Belém às 19h45??? Haja alegria :P

Mas a actividade parece fixe, pelo menos mais produtiva do que apenas ir andar de bike po guincho.

eh eh!! =) mt fixe a fazer algo pelo ambiente... só faltava mesmo as provas pa ser em grande!
e o post só demorou uma semana, o que também é uma grande melhoria! =P